Nova temporada de “Grey’s Anatomy” abordará pandemia do coronavírus

A pandemia do coronavírus é uma realidade no mundo inteiro e algumas séries médicas, como a brasileira “Sob Pressão”, já haviam externado que abordaria o tema nos novos episódios. Agora é a vez do seriado americano “Grey’s Anatomy” trazer mais uma crise ao Hospital Grey Sloan Memorial.

“Vamos abordar essa pandemia com certeza”, disse a produtora executiva Krista Vernoff para o EW. “Não há como ser um programa médico de longa duração e não fazer a história médica de nossas vidas”, explicou.

Krista Vernoff revelou a intenção dos roteiristas durante o painel online “Quaranstreaming: Comfort TV That Keep Us Going” realizado pela Television Academy. As estrelas Chandra Wilson, que interpreta a Dra. Miranda Bailey, e Kevin McKidd, o Dr. Owen Hunt, também estavam na ocasião. Vernoff também disse que a equipe está se reunindo com médicos da vida real afim de ouvir suas histórias sobre como lidar com a pandemia.

“Todos os anos, os médicos vêm nos contar suas histórias (…), mas este ano eles estão tentando não chorar, pálidos e falando sobre isso como guerra para a qual eles não foram treinados”, conta Vernoff no painel.

Ao que tudo indica, já que Owen Hunt é um médico de guerra experiente, ele será um dos protagonistas na luta contra o coronavírus na ficção. “Owen realmente foi treinado para isso de uma maneira que a maioria dos outros médicos não é”, disse Krista. “Sinto que nosso programa tem uma oportunidade e uma responsabilidade de contar algumas dessas histórias”, completa.

A 16ª temporada de “Grey’s Anatomy” foi encurtada por conta da quarentena necessária. As filmagens dos novos episódios ainda não começaram, também devido à pandemia. A estreia da 17ª, contudo, ainda pode acontecer em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *