Produção de “Grey’s Anatomy” é interrompida por conta do coronavírus

A atual temporada de “Grey’s Anatomy” teve sua produção interrompida por conta do surto do coronavírus. A série transmite a 16ª temporada e finalizou as gravações no episódio 21º, ao todo a temporada é de 25 episódios. Segundo o TV Line, o elenco foi liberado por duas semanas.

Em anúncio oficial feito pela showrunner Krista Vernoff, pela atriz, diretora e produtora-executiva Debbie Allen e pelo produtor James Williams, a equipe de “Grey’s” afirma que a medida aconteceu para “garantir a segurança de todo elenco e equipe”. O mesmo também aconteceu com os parques da Disney e da Universal, em Los Angeles.

Fiquem a salvo, saudáveis, hidratados, fiquem em casa o máximo o possível e lavem suas mãos com frequência. Tomem conta de si mesmos e dos outros. Manteremos todos informados de cada atualização. Obrigado por tudo o que fazem!”, diz a carta escrita pelos produtores da série.

O coronavírus (COVID-19) tem se espalhado de maneira avassaladora desde dezembro de 2019. Ao que tudo indica, a China foi o primeiro país a relatar sintomas da epidemia, já com mortes confirmadas. Na América do Sul, a doença está presente em países como Argentina, Chile e Brasil. Além de “Grey’s Anatomy”, filmes como “Pedro Coelho 2”, “007 – Sem Tempo Para Morrer” e “Um Lugar Silencioso – Parte II” tiveram suas estreias no cinema adiadas para evitar que a contaminação se espalhe ainda mais.

“Grey’s Anatomy” é exibida no Brasil pela Sony Channel e possui 15 temporadas no catálogo da Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *